Mestrado em Design e Desenvolvimento de Produto

Pós-laboral

O mestrado em Design e Desenvolvimento de Produto (MDDP) tem como objetivo, dotar os formandos de competências e conhecimentos técnico-científicos em Design e Desenvolvimento de Produto, com base em metodologias que se concentram na satisfação de necessidades individuais e coletivas, recorrendo para tal, a processos de desenvolvimento e às mais recentes tecnologias de simulação e fabrico, tendo em consideração as questões da sustentabilidade, experiência do utilizador e viabilidade do negócio.

A nossa filosofia baseia-se em estimular a criatividade, a inovação e a excelência, passando pelos diferentes níveis de interdisciplinaridade presentes no Design de Produto, com o objetivo de desempenhar um papel ativo e interventivo em indústrias produtivas, reconhecendo a importância do branding que distingue e comunica produtos e serviços.

  • Horário Pós-laboral
  • Possibilidade de Bolsa de Estudo
  • Propina de 1.700 € (2 anos) *
  • 25 vagas

* Diferentes modalidades de pagamento.

  • Saídas Profissionais

    O Mestre em Design Desenvolvimento de Produto está habilitado para trabalhar em áreas como:

    › Designer nas diversas áreas da indústria e/ou serviços: Mobiliário, Brinquedos, Calçado, Iluminação, Equipamento, Cerâmica, Sanitário, Cutelaria,Embalagem, etc.

    › Designer freelancer,

    › Designer em ateliers de design e arquitetura,

    › Designer de interiores e vitrinismo,

    › Designer em agências de publicidade,

    › Designer em departamentos da administração pública local (autarquias) ou central;

    › Designer em instituições culturais (museus, centros culturais etc);

    › Designer em organizações não governamentais (ONG).

  • Destinatários

    Podem candidatar-se ao mestrado em Design e Desenvolvimento do Produto (MDDP):

    » os titulares de licenciaturas, ou habilitações equivalentes nas áreas de Design, Engenharia, Arquitetura, Multimédia, Artes e áreas afim.

    » os titulares de um grau académico superior estrangeiro, conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos em áreas de Design, Engenharia, Arquitetura, Multimédia, Artes e áreas afins, organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a este processo;

    » os titulares de um grau académico superior no estrangeiro que seja reconhecido pelo Conselho Técnico Científico da Escola Superior de Design como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado em cursos nas áreas de Design, Engenharia, Arquitetura, Multimédia, Artes e áreas afins;

    » os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido pelo Conselho Técnico Científico da Escola de Superior de Design como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

  • Ação Social

    No IPCA, os estudantes podem beneficiar de um conjunto de serviços que os apoiam ao longo de todo o percurso académico.

    › Bolsas de estudo

    › Auxílio de emergência

    › Acesso à alimentação (cantina e Bares)

    › Acesso a serviços de saúde

    › Gabinete de Psicologia

    › Apoio a atividades culturais e desportivas

    › Transporte

    › Apoio ao nível de alojamentos certificados pelos SAS (elo de ligação entre proprietários e estudantes)

     

    Bolsas de Estudo

    Os estudantes que frequentam cursos de mestrado têm acesso aos apoios sociais concedidos pelo Estado Português, nomeadamente, a possibilidade de receberem uma Bolsa de Estudo.

    A Bolsa de Estudo permite comparticipar o estudante nas despesas com a frequência do mestrado, nomeadamente, com a propina, alimentação, transporte, material escolar e alojamento, sempre que o mesmo não disponha de um nível mínimo adequado de recursos financeiros.

    Valor

    O valor da bolsa é variável, de acordo com a situação sócioeconómica do agregado familiar, podendo ir do seu valor mínimo (1º ano) – 1.038€ – até ao valor máximo – 5.649,42€.

    Ficam todos os interessados convidados a dirigir-se aos Serviços de Ação Social do IPCA para receberem informações mais detalhadas, podendo também obter uma simulação do valor da Bolsa de Estudo.

    Para mais  informações consulta a página on-line dos  Serviços de Acção Social do IPCA, através do email sas@ipca.pt ou pelo telefone 253 80 25 03.

  • Candidaturas

     

    Antes de se se candidatar deve consultar o Edital de Mestrados do IPCA 2019-20

     

    » Período de candidaturas

    • 1.ª Fase – até 7 de julho de 2019
    • 2.ª Fase – 1 agosto a 9 de setembro

     

    » Resultados das candidaturas

    • 1.ª Fase – até 16 de julho de 2019
    • 2.ª Fase – até 17 de setembro

     

    » Vagas

    • 1.ª fase: 20 vagas
    • 2.ª fase: 5 vagas

    Os candidatos não admitidos na 1.ª fase transitam automaticamente para a 2.ª fase, sendo sujeitos a novo processo de seriação.

     

    » Documentos necessários para a candidatura

    A candidatura realiza-se on-line no  portal de candidaturas da qual faz parte os seguintes documentos (têm de fazer upload dos documentos):

    » Formulário de inscrição, a preencher on-line, no Portal de Candidaturas do IPCA

    » Declaração de Identificação

    » Documento comprovativo da titularidade da habilitação com que se candidata com classificação por disciplina e média final ou, no caso dos estudantes finalistas referidos no 1.3 do Edital de Abertura de Concurso, o histórico escolar das unidades curriculares efetuadas até ao momento da candidatura, com as respetivas classificações e média atual.

    » Um exemplar do curriculum académico, científico do/a candidato/a, o qual deverá discriminar, separadamente, as componentes académica, profissional, científica e de formação contínua, de preferência organizado na ótica dos critérios de seleção e seriação apresentados no ponto 9 do Edital

    » Carta de motivação para a frequência do mestrado, da autoria do candidato devidamente assinada

    » Portefólio académico e/ou profissional. Caso o portfólio execeda a capacidade do Portal académico os candidatos podem remetê-lo para mddp@ipca.pt, adicionando no portal académico uma declaração a informar que foi remetido para o e-mail do Curso.

    » Outros documentos que o/a candidato/a entenda relevantes

    A Comissão Cientifica do mestrado pode, ainda,  solicitar ao candidato os documentos originais para análise.

     

    Os Estudantes Estrangeiros, para além dos documentos acima mencionados, devem entregar:

    • cópia do documento comprovativo de residência em Portugal há mais de 2 anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro em 2019 ( a autorização de residência para estudo não releva para a contagem deste prazo) – apenas aplicável caso não seja nacional de um Estado Membro da União Europeia. A não apresentação deste documento determinará a aplicação do Estatuto de Estudante Internacional.

     

    Os Estudantes Internacionais, para além dos documentos acima mencionados de a) a f) , devem entregar::

     

    » Readmissões

    Os candidatos a readmissão devem apenas submeter no ato de candidatura

     

    » Taxa de candidatura

    Pela candidatura é devida uma taxa no valor de 55Euros.

    A taxa de candidatura é paga via referência multibanco, gerada quando da submissão da candidatura.

    A candidatura só será considerada válida após validação do processo pelos Serviços Administrativos da ESD e confirmação do pagamento da taxa.

    O valor da taxa de candidatura não é reembolsável qualquer que seja o fundamento invocado, exceto no caso de não funcionamento do curso de Mestrado por falta de um número mínimo de inscritos.

    Os candidatos a readmissão estão dispensados do pagamento desta taxa.

    O processo de candidatura, uma vez encerrado o concurso, ficará na posse da  ESD.

     

    » Matrícula e Inscrição

    • 1.ª fase:  25 a 31 de Julho de 2019
    • 2.ª fase: 24 a 30 de setembro de 2019

    Os estudantes admitidos serão contatados pelos Serviços de Pós-graduação da Divisão Académica para realizar a matrícula.

     

    » Funcionamento do curso

    O Curso funcionará em regime pós-laboral, 3 dias por semana,, nas instalações da ESD no Campus do IPCA, prevendo-se iniciar até 30 de outubro.

  • Condições de acesso

    Podem candidatar-se ao mestrado em Design e Desenvolvimento do Produto (MDDP):

    » os titulares de licenciaturas, ou habilitações equivalentes nas áreas de Design, Engenharia, Arquitetura, Multimédia, Artes e áreas afim.

    » os titulares de um grau académico superior estrangeiro, conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos em áreas de Design, Engenharia, Arquitetura, Multimédia, Artes e áreas afins, organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a este processo;

    » os titulares de um grau académico superior no estrangeiro que seja reconhecido pelo Conselho Técnico Científico da Escola Superior de Design como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado em cursos nas áreas de Design, Engenharia, Arquitetura, Multimédia, Artes e áreas afins;

    » os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido pelo Conselho Técnico Científico da Escola de Superior de Design como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

  • Estrutura curricular

    Unidades Curriculares HC ECT Semestre
    21900 - Modelação 3D e Fabricação Aditiva TP:40 7 1
    21400-Metodologias Avançadas de Design e Desenvolvimento de Produto TP:40 7
    21901-Materiais e Tecnologias de Fabrico TP:30 5
    21401-Teoria e Prática do Design de Produto TP:20 4
    21402-Seminários em Design e Desenvolvimento de Produto S:20 2
    21519-Técnicas Avançadas de Sketching de Produto TP:30 5
    20409-Design de Interação e Comunicação Digital TP:30 5 2
    21902-Ergonomia e Usabilidade TP:30 5
    20501-Gestão e Orçamentação de Projetos de Design TP:30 5
    21403-Projeto de Design Integrado TP:20-PL:30 10
    21903-Simulação Computacional no Desenvolvimento de Produto TP:30 5

    HC - Número de Horas de Contato     ECTS - Créditos ECTS

    Unidades Curriculares HC ECT Semestre
    21404-Design Thinking TP:30 5 1
    21405-Métodos de Investigação em Design TP:30 5
    DTE OT:30 20
    DTE OT:45 30 2

    DTE,estudantes optam por realizar ou trabalho projeto ou dissertação ou estágio em design e desenvolvimento de protudo

    HC - Número de Horas de Contato     ECTS - Créditos ECTS

    O curso de mestrado em Design e Desenvolvimento do Produto, encontra-se organizado em 4 semestres, correspondendo a um total de 120 ECTS.

    O ciclo de estudos, conducente ao grau de mestre, integra:

     a) um curso de especialização, constituído por um conjunto organizado de unidades curriculares a que corresponde um total de 90 ECTS.

     b) uma dissertação de natureza científica ou um trabalho de projeto, originais e especialmente realizados para este fim, ou um estágio de natureza  profissional objeto de relatório final, consoante os objetivos específicos visados, nos termos que sejam fixados pelas respetivas normas regulamentares.

    Consulta aqui a  estrutura curricular e plano de estudos do MDDP.

  • Mais informações

    Direção de Curso

    Telefone
    253 802 266

     Facebook
    Porquê o IPCA (vídeo)

     

  • Regime e local de funcionamento dos cursos

    O MDDP funcionará em regime presencial nas instalações da ESD, no Campus do IPCA, em horário pós-laboral.

    O plano de estudos do MDDP tem a duração de 4 semestres e está estruturado de forma a garantir uma formação sólida nas áreas complementares do Design de Produto. No final os estudantes deverão desenvolver um projeto no âmbito de uma ou mais áreas científicas dominantes do curso.

    A obtenção do grau de Mestre em Design e Desenvolvimento do Produto, implica o aproveitamento nas unidades curriculares que constituem o curso, num total de 120 ECTS.

     

  • Propina

    A propina do MDDP está fixada em 1.700€

    • 1.º ano: 1050€
    • 2.º ano: 650€

    A propina pode ser paga em prestações.

    Para saberes mais informações sobre a propina acede a:

    Propinas e Emolumentos

  • Avaliação/Acreditação

    Acreditação

    Estado: Acreditado

    Nº de anos de acreditação: 6

    Data da publicação: 15-07-2016

    Acreditação MDDP

    Registo

    Estado: Registado na DGES

    Número Registo: R/A-Cr 106/2010/AL01

    Data da decisão: 14/09/2016